Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Sicredi Noroeste MT e Acre realiza 6º Encontro Anual de Coordenadores de Núcleo

O evento reuniu cerca de 110 pessoas entre Coordenadores, Conselheiros e Colaboradores da Cooperativa.
Foi realizado neste sábado (20.10) a 6ª edição do Encontro Anual de Coordenadores de Núcleo da Sicredi Noroeste MT e Acre. O evento aconteceu em Pontes e Lacerda e faz parte dos Programas do Sicredi que visam capacitar os Coordenadores para as atividades do Cooperativismo e incentivar a participação na gestão da Cooperativa.

Além de servir como forma de municiar os Coordenadores com as últimas informações sobre a Cooperativa, o Encontro também pretende alinhar propostas que serão discutidas nas reuniões e assembleias de núcleos de 2019. Dentre elas, a reforma estatutária e distribuição de resultados. Além disso, também foram apresentados aos Coordenadores os resultados da Cooperativa referentes até o mês de setembro de 2018.

Ediano José Neves, Diretor Executivo da Cooperativa, explicou que o evento é um encontro dos representantes dos associados e o que acontece é uma discussão prévia do que será apresentado nas assembleias. “Após colher essas sugestões e ideias dos Coordenadores vamos apresentar a todos os associados nas reuniões e assembleias que acontecem no primeiro semestre do ano que vem. A decisão será deles.”

O Encontro além de ser um momento de prestação de contas e de exercer o valor de transparência na gestão é um momento para acompanhar como a Cooperativa tem contribuído com o crescimento das nossas comunidades. E para colaborar com essa exposição, o empresário mineiro Geraldo Rufino fez uma palestra logo na abertura do encontro.

Para ele, “o empreendedorismo depende de cada um. As pessoas têm que entender que ninguém para de comer, de beber, de vestir, de consumir. Isso significa que tudo que ele queira produzir, terá mais gente para consumir do que a capacidade que ele tem de produzir. Então, é ele sair do sofá ir fazer alguma coisa.”
Rufino começou a trabalhar muito cedo e aos 11 anos de idade catava latinhas em um aterro sanitário da favela Sapê, onde morou por muitos anos na zona oeste de São Paulo. A situação é bem diferente da que ele vive hoje. Geraldo Rufino se tornou empresário e dono da maior empresa de reciclagem de caminhões da América Latina. A empresa oferta 150 empregos direto e tem uma receita bruta de, aproximadamente, 50 milhões de reais. De modo simples e com atuação visionária, Rufino acredita que o sucesso está ao alcance de qualquer pessoa, que tem de estar preparada para assumir novos desafios.

O presidente da Sicredi Noroeste MT e Acre, Eduardo Ferreira, garante que o momento é extremamente importante para o futuro da Cooperativa. “Hoje crescemos, em média, cerca de 20% ao ano e isso só acontece graças a nossa transparência e a força dos nossos associados que acreditam e investem no cooperativismo como forma de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da nossa região.”

Atualmente a Cooperativa conta com 134 Coordenadores, distribuídos em 44 núcleos nas 16 cidades onde temos agências: Araputanga-MT, Conquista D’Oeste-MT, Figueirópolis D’Oeste-MT, Jauru-MT, Lambari D’Oeste-MT, Nova Lacerda-MT, Pontes e Lacerda-MT, Rio Branco-MT, Salto do Céu-MT, São José dos Quatro Marcos-MT, Vale de São Domingos-MT, Vila Bela da Santíssima Trindade-MT, Comodoro-MT, Reserva do Cabaçal-MT, Acrelândia e Rio Branco-AC.
Sobre a cooperativa 

A cooperativa Sicredi Noroeste MT e Acre atende 17 cidades em Mato Grosso e todos os 22 municípios no Acre. Possui 16 agências, sendo 14 em solo mato-grossense e duas no território acreano, somando cerca de 30 mil associados. No ano passado atingiu R$ 23 milhões em resultados, sendo que cerca de R$ 3,8 milhões foram distribuídos aos associados diretamente na conta corrente.
Sobre o Sicredi

Texto: 
Renan Gomides
Assessoria de Comunicação
Sicredi Noroeste MT e Acre