Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Operação prende 20 pessoas e apreende mais de 6 toneladas de alimento irregular em rodovias no Acre

A Polícia Rodoviária Federal (PRF-AC) apreendeu mais de 11 mil itens de contrabando, como roupas, e apreendeu quase 37 quilos de droga durante “Operação Égide”, que ocorreu de 11 a 29 de setembro nas rodovias federais acreanas.

A operação também prendeu 20 pessoas por crimes, como porte ilegal de armas, crimes ambiental e tributário, contrabando e tráfico de drogas. Ao G1, o assessor de comunicação da PRF, Wilse Filho, destacou que esta foi a primeira vez que a ação foi realizada no Acre e também em Rondônia.

“Tivemos um resultado muito positivo, fiscalizamos muitas pessoas e veículos e efetuamos prisões. Além disso, conseguimos evitar acidentes”, destaca.

Durante a ação também foram apreendidos 50 pacotes de cigarros contrabandeados, 72,5 m³ de madeira ilegal e mais de seis toneladas de alimento irregular. Os agentes apreenderam ainda duas armas, sendo um revólver e uma pistola com munições, e recuperou uma caminhonete roubada.

No período da ação, a PRF-AC foi chamada para atender um acidente de trânsito. Ao todo, 1.126 pessoas passaram por fiscalização, assim como 633 veículos.

Mais de seis toneladas de alimento irregular foram apreendidos durante operação  — Foto: PRF-AC/Divulgação Mais de seis toneladas de alimento irregular foram apreendidos durante operação  — Foto: PRF-AC/Divulgação
Mais de seis toneladas de alimento irregular foram apreendidos durante operação — Foto: PRF-AC/Divulgação

Curso de atuação na fronteira
No mesmo período, 18 policiais rodoviários federais participaram de um Curso de Operações Temáticas de Combate ao Crime (Cotem). As aulas teóricas foram realizadas em Florianópolis (SC), mas as aulas práticas ocorrem de 24 a 28 de setembro nos municípios de Rio Branco e Xapuri.

Filho explicou que nas aulas teóricas os alunos receberam instruções de tiro, combate de fraudes veiculares, gerenciamento de situações de risco e também palestras de comunicação, análise criminal e enfrentamento em casos de roubo de veículos.

“Na última semana da ação os policiais vieram colocar em prática nas fronteiras toda parte que cursaram na prática teórica”, destacou.