Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Governo do Acre vai privatizar silos graneleiros administrados por cooperativas de produtores

O governo do Acre elaborou um laudo de avaliação e vai privatizar os seis silos graneleiros construídos na administração do governador Sebastião Viana, do PT, para incentivar a produção de grãos no Estado. As unidades foram entregues a cooperativas de produtores que sem recursos não estavam conseguindo fazer a manutenção e o prejuízo estaria ficando para a administração estadual.
A lei que autoriza a privatização dos silos graneleiros foi sancionada pelo governador em 2016, mas o edital não foi elaborado pela falta de um laudo de avaliação que foi entregue no início do mês de outubro. O silo do município de Brasileia, com capacidade de armazenagem de cinco mil toneladas será o primeiro que receberá sinal verdade para que seja privatizado.
As seis unidades construídas pelo governo estão localizadas nos munícipios do Alto e Baixo Acre. A concessão para exploração dos silos deverá ser por 20 anos. O permissionário deverá pagar uma taxa mensal em torno de R$ 2 mil. Após o anúncio da privatização, o governo estaria sendo acusado de promover o ato para beneficiar grandes produtores de grãos estabelecidos no Alto Acre.
Além dos prejuízos com a manutenção dos silos, o Estado também teve que arcar com a conta de toneladas de milho que sumiram misteriosamente dos depósitos estatais. Pelos menos duas denúncias se tornaram pública, quando pequenos produtores procuraram a imprensa para cobrar providências por parte do governo do Acre para ressarcir os seus prejuízos com os furtos.
Por