Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Gladson tem 55% dos votos válidos e garante vitória no 1º turno, diz pesquisa Delta/ContilNet

Pesquisa realizada pelo instituto Delta, a pedido do site ContilNet, confirma que o senador Gladson Cameli (Progressistas) vencerá a eleição para o governo do Acre neste domingo (7). Gladson soma 55,17% das intenções de voto quando excluídos brancos, nulos e indecisos. Já o ex-prefeito de Rio Branco Marcus Alexandre (PT) tem 36,08%, seguido do Coronel Ulysses (PSL), com 8,23%, David Hall (Avante), 0,28%, e Janaína Furtado (Rede), 0,22%.
Como a sondagem tem margem de erro de 2,5%, Gladson tanto pode ter 52,67% quanto 57,67% – e em ambos os casos estaria eleito para o cargo de governador.
Cálculo feito pela Delta leva em conta critério usado pelo TSE na contagem dos votos/Arte: ContilNet
A pesquisa estimulada (quando o entrevistador diz ao entrevistado os nomes dos candidatos) revela que Cameli ampliou a vantagem sobre o adversário do PT para quase 17,5 pontos percentuais nesta reta final de campanha. Em agosto, essa diferença era de 12,53%. Em setembro, a vantagem do candidato do Progressista já havia aumentado para 16,34%.
Na eventualidade de um segundo turno entre Gladson e Alexandre a vitória do senador também estaria consumada contra o ex-prefeito. De acordo com a Agência Delta, o progressista venceria com 55% dos votos, contra 34% do petista.
Marcus Alexandre só lidera a sondagem quando o quesito pesquisado é a rejeição. Mais de 33% dos entrevistados responderam que não votariam no petista ‘de jeito nenhum’. Gladson Cameli aparece em seguida, com 15,93%, seguindo de David Hall (8,8%) Coronel Ulysses (8,7%) e Janaína Furtado (8,6%). O total dos que não souberam ou não quiseram responder foi de 24,53%.
O instituto fez a coleta de dados entre os dias 1º e 6 de outubro, tendo ouvido 1.500 eleitores. Com margem de erro de 2,5 pontos percentuais, a sondagem tem nível de confiança de 95% e foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número AC-05546/2018.