Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Sebastião Viana quer aprovar projeto que garante sua segurança 36 meses após o término de seu mandato

Um projeto encaminhado para Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) pelo governador do Acre, Sebastião Viana, do PT, na manhã desta quarta-feira (31), tenta assegurar a estrutura de segurança aos chefes dos poderes legislativo, judiciário e executivo pelo período de 36 meses após o término de seus mandatos.
Segundo o projeto, “fica assegurado aos chefes dos poderes, por 36 meses após o término do seu mandato, a manutenção da segurança institucional, prorrogáveis por igual período, desde que justificadamente”. O projeto garante ainda, tudo por conta do Estado, veículos e policiais para fazer o serviço de segurança particular.
Os deputados do bloco de oposição não receberam de forma amistosa o projeto. “Enquanto as pessoas sofrem com a extrema falta de segurança, além de receber uma gorda pensão de mais de R$ 30 mil, o governador quer garantir sua segurança particular por contando com a estrutura do Estado”, destaca o deputado Gerlen Diniz.
O projeto do chefe do executivo chega em um momento que o Pronto Socorro estaria sem policiamento para garantir a segurança dos profissionais da área médica e pacientes que buscam atendimento no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Nos bastidores, os comentários é que há consenso para aprovação da matéria.
Por