Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Em 19 anos, agência do Sicredi em Pontes e Lacerda tem desempenho crescente e conquista a confiança da comunidade

Presente na cidade há quase duas décadas, instituição financeira cooperativa contribui para o desenvolvimento dos associados e da região


Mais do que oferecer produtos e serviços financeiros para atender as necessidades dos associados, o Sicredi está presente na vida das pessoas e ajuda a transformar realidades. Em cidades do interior, especialmente aquelas distantes das capitais e das regiões metropolitanas, a atuação de instituição financeira cooperativa é considerada um marco na história do desenvolvimento socioeconômico da região. É o que acontece com a cidade de Pontes e Lacerda (a 443 km de Cuiabá), fundada em 1979, quando deixou de ser um distrito do município de Vila Bela da Santíssima Trindade, e teve seu 1º prefeito empossado em 1981. O Sicredi chegou à cidade por meio da Cooperativa Noroeste MT e Acre, com a inauguração da primeira agência em 1999. Naquela época, a cooperativa era formada principalmente por produtores rurais e com o passar do tempo evoluiu e conquistou novos associados, incluindo, além dos agricultores locais, pessoas físicas urbanas e empresas.

Com vocação econômica na agropecuária, especialmente a pecuária de corte e de leite, a cidade cresceu ao longo dos seus 37 anos e com ela a população, estimada em cerca de 43,8 mil habitantes (IBGE/2017). Frigoríficos para abate de bovinos e laticínios estão em funcionamento, além manter criações de ovinos e piscicultura, e ser destaque na produção de minério. As atividades de comércio e prestação de serviços estão em fase de crescimento e fortalecimento.

Uma instituição financeira cooperativa funciona como indutora do desenvolvimento. Além de proporcionar a inclusão financeira da população em geral (trabalhadores na iniciativa privada, do serviço público, produtores rurais e empresas) desperta na comunidade a vontade de crescer junto com a cooperativa de crédito. “Ao chegar na comunidade, pela vontade dela, oferecemos produtos e serviços financeiros que vão contribuir para o seu crescimento e a realização de seus sonhos. Oferecemos aos nossos associados, crédito para pessoa física, empresas e produtores rurais; seguros, diferentes opções para reservas e aplicações financeiras, conforme a necessidade de cada um. E os recursos movimentados pelos associados ficam na comunidade, gerando mais emprego e renda, e consequentemente mais desenvolvimento”, explica o presidente da Cooperativa Noroeste MT e Acre, Eduardo Francisco Duarte Ferreira, ao acrescentar que nas cooperativas os associados também são donos delas, têm voto nas decisões tomadas e recebem parte dos resultados da cooperativa, o maior diferencial em relação às instituições financeiras tradicionais.

E como prova de que o relacionamento do Sicredi é com a comunidade e que está preocupado com o desenvolvimento das regiões onde atua, o presidente da cooperativa anuncia que uma nova agência será aberta em Pontes e Lacerda até o início de 2019. “A cidade nos ajudou a crescer e nós também colaboramos para o desenvolvimento deste município tão promissor para nossa região. Aqui temos uma classe empresarial forte, o agronegócio em pleno crescimento e para retribuir nossos resultados temos este presente para a população, que acredita no cooperativismo e vivencia o ciclo virtuoso em que todos ganham”.

O gerente da agência Jakson Bassi, que também vai gerenciar a nova unidade, detalha a novidade. Ele afirma que a nova agência será diferenciada, a começar pelo nome: Escritório de Negócios. Será direcionada ao atendimento de um público com perfil para investimento, independentemente de ser pessoa física, empresa ou produtor rural. Não haverá caixas físicos ou eletrônicos e a equipe atuará focada no atendimento às necessidades desses associados de forma mais personalizada e consultiva. “Então nesse escritório teremos uma equipe formada por gestores de carteira agro, pessoa física e jurídica, seus assistentes. Tudo para oferecer um atendimento simples, próximo e ativo para que os associados obtenham os melhores resultados”, diz ao acrescentar que esse modelo de agência é o pioneiro na área de atuação da cooperativa.

Além de instalar o Escritório de Negócios, cuja construção está a todo vapor, a cooperativa vai reformar a atual agência, que ganhará a nova marca do Sicredi e outras adequações para proporcionar uma experiência ainda melhor aos associados. “Com todas essas melhorias vamos focar fortemente na atração de mais pessoas para o cooperativismo de crédito e mostrar à sociedade os benefícios desse sistema”, afirma Bassi.

Um dos fatores que motivou a abertura da segunda agência do Sicredi em Pontes e Lacerda foi o desempenho da agência. Para se ter uma ideia, em junho deste ano, a carteira de crédito ativa na agência atingiu R$ 53,050 milhões, sendo R$ 27,240 milhões em crédito rural e R$ 25,809 milhões em crédito comercial. Os ativos administrados pela agência chegam a R$ 71,426 milhões. “Hoje temos 3.365 associados e nossa meta é ampliar este número. Vamos trabalhar firme para conquistar nossos objetivos e levar o cooperativismo e seus benefícios para mais pessoas, sempre concentrados em manter alto o nível de satisfação dos nossos associados”.

Pra lá de satisfeita com a experiência que tem com o Sicredi, a empresária Kamilla Correa Marques Bragato, 30, já tem uma longa história com o cooperativismo de crédito. Sua conta foi aberta na agência de Pontes e Lacerda quando ela ainda tinha nove anos e desde cedo o pai, que já era associado, ensinou sobre os benefícios de fazer parte desse sistema. “Tanto que o Sicredi é minha única instituição financeira. Sempre movimentei minhas finanças na cooperativa e há cinco anos dei um passo mais importante na minha vida: abri meu próprio negócio, quando também passei a ser associada pessoa jurídica”, conta Kamilla que, junto com o irmão, Kairo, 32, empreendeu no setor de telecomunicação com a empresa Web Lacerda, um provedor de internet. A empresa atua no cabeamento de fibra óptica para levar internet aos clientes. “Desde que decidimos abrir a empresa procuramos o Sicredi para nos orientar. Começamos dentro de casa, em um cômodo pequeno e apenas 1 funcionário. Um ano depois nos mudamos para um espaço alugado e uns meses atrás contratamos crédito e compramos um terreno. A construção do imóvel está em andamento e nos mudaremos em dezembro. A empresa cresceu, fizemos mais clientes e hoje temos 11 funcionários. Tudo o que conquistamos foi com o apoio do Sicredi”, diz ao complementar que os cinco veículos que a empresa possui (um automóvel e quatro motocicletas) foram adquiridos por meio de consórcio, outro produto disponível aos associados.

Outro associado que vai ser ainda mais próximo do Sicredi é Dians Rodrigo Presutto, 39. Natural de Fernandópolis (SP) está em Pontes e Lacerda há 25 anos. Casado com Beatriz e com uma filha a caminho, ele conta que o relacionamento com o Sicredi já dura cerca de uma década e pretende tê-lo para o resto da vida, tamanho é o seu envolvimento com a proposta do cooperativismo de crédito, que é o desenvolvimento das comunidades, a geração de empregos e renda para os associados.

Presutto é farmacêutico e por cinco anos e meio manteve uma farmácia em Pontes e Lacerda, onde era correspondente bancário do Sicredi. “Minha drogaria ficava no centro da cidade, em um ponto bastante movimentado. Recebia muitos boletos de associados, o que colaborava com o atendimento na agência. Mas, o que mais me chamou a atenção foi a atendimento que eu recebia da cooperativa”, relembra.

No entanto, ter deixado de ser correspondente bancário não o afastou da cooperativa, ao contrário, uma aproximação ainda maior está por vir. Foi eleito coordenador de núcleo da cooperativa (que abrange a agência de Pontes e Lacerda) e no próximo mês iniciará a formação para atuar na função. “Eu não tinha noção do que realmente era o cooperativismo e ao me envolver com o Sicredi fui redescobrindo valores como a união entre as pessoas. Mais unidos e fazendo juntos todos ganham e temos mais chance de prosperidade”, acrescenta Dians Presutto.

Sobre a cooperativa
A cooperativa Sicredi Noroeste MT e Acre atende 17 cidades em Mato Grosso e todos os 22 municípios no Acre. Possui 16 agências, sendo 14 em solo mato-grossense e duas no território acreano, somando cerca de 30 mil associados. No ano passado atingiu R$ 23 milhões em resultados, sendo que cerca de R$ 3,8 milhões foram distribuídos aos associados diretamente na conta corrente.

Sobre o Sicredi
O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,8 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 22 estados* e no Distrito Federal, com mais de 1.600 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www.sicredi.com.br.  
*Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.








Atenciosamente,

Renan GomidesAssistente administrativo
Comunicação Institucional
Assessoria de Comunicação e Marketing