Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

David Hall será o estreante na propaganda eleitoral; Gladson terá quase 1min40 a mais que Marcus

A propaganda eleitoral obrigatória que começa na próxima sexta-feira (31) terá o candidato a governo pelo Avante, David Hall, como o grande estreante com os seus 11 segundos. Logo em seguida entra o coronel Ulysses Araújo (PSL) com quase meio minuto de tempo.
Após as apresentações das duas candidaturas nanicas, será a vez daquele que detém a maior quantidade de minutos: Gladson Cameli (PP). Ao todo a campanha do progressista contará com quatro minutos e 52 segundos. O primeiro dia de propaganda no rádio e na TV será encerrado pelo adversário direto de Gladson, o ex-prefeito Marcus Alexandre Viana (PT).
O petista vai ter ao seu dispor três minutos e 13 segundos. Entre os donos dos maiores tempos vem a Rede de Janaína Furtado, com 16 segundos. Em 2018, na comparação com 2014, a propaganda eleitoral terá duração menor tanto no número de dias quanto nos minutos.
Serão 35 dias de exposição nos veículos de comunicação. Vistas como a forma mais eficaz de alcançar o eleitor, as inserções também já serão veiculadas a partir de sexta. Até o fim do primeiro turno serão 977 ao total. Neste quesito, a coligação de Gladson Cameli também sai em vantagem.
Ele contará com 531 inserções contra 350 de Marcus Viana. Avante e Rede terão a menor quantidade: 21 e 23, respectivamente. Apesar de ter se iniciado oficialmente no último dia 16, a campanha eleitoral de fato só começa quando os candidatos colocam suas caras na TV.