Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Coronel denunciado por agredir mulher pede desligamento

O coronel do Corpo de Bombeiros do Acre, Cleyton de Oliveira Almeida, acusado de agredir sua ex-companheira, comunicou na manhã desta sexta-feira, 31, seu afastamento da função de subcomandante da instituição.

“Em respeito às famílias envolvidas, e certo que o tema em questão trata-se de algo pessoal das partes envolvidas, não entrarei no mérito do assunto. Todavia, enquanto cidadão, partindo do princípio da presunção de inocência, tratarei disto somente perante a Justiça. Mesmo assim, de forma a resguardar a corporação ao qual pertenço, bem como a minha pessoa, afasto-me da função pública de subcomandante-geral até que esta pauta seja superada. Espero contar com a compreensão de todos”, informou.

O oficial foi denunciado três vezes por agredir a mulher. O último caso foi registrado na noite do sábado passado, 25. Conforme registro de interrogatório na Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, na Via Chico Mendes, no 2º Distrito de Rio Branco, o coronel confirmou que tivera um relacionamento de um ano e seis meses com a vítima, mas sem filho.

A vítima teria sido agredida em via pública. No inquérito foram anexadas imagens de câmeras de segurança de uma agência do INSS que comprova o fato.

O caso foi encaminhado à Justiça.