Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Confirmada a desistência do Coronel Ulysses em disputar o governo do Acre

O que era um simples boato de mais um dia de campanha política, acabou se transformando no fato mais relevante até aqui na disputa para o governo do Estado: o Coronel Ulisses Araújo (PSL) desistiu da sua candidatura. Isso praticamente torna a eleição num plebiscito entre os que aprovam e os que não aprovam o atual governo. Foi uma cronologia de idas e vindas até a decisão final.
Na última sexta-feira, o Coronel Ulisses (PSL) chamou na sua casa para um jantar os candidatos a deputado federal da sua chapa e participou sua renúncia. Depois de uma conversa tensa acabou por voltar atrás. No sábado foi para a convenção regional e homologou a sua chapa e as dos candidatos a deputado estadual e deputado federal.
Quando parecia que os ânimos estavam serenados, chamou na terça-feira novamente os candidatos a Federal para dizer que não havia mesmo como manter a candidatura. Alegou que, não tinha conseguido recursos para bancar a sua campanha e por isso desistiu.
Comunicou que tinha tido um entendimento com o candidato ao governo, Gladson Cameli (PP), que lhe ofereceu a primeira suplência do Senado na chapa do candidato Márcio Bittar (MDB). Dois fatos relevantes do acontecimento: a eleição para o governo se tornará plebiscitária e será decidida no primeiro turno. Mais notícia no BLOG DO CRICA.
Por