Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Acre registra 34 homicídios e 44 tentativas em menos de 30 dias

O número de homicídios no Acre continua em alta. Em menos de 30 dias, no período entre 24 de junho e 23 de julho, o estado registrou 34 homicídios. Além disso, a Secretaria de Segurança Pública do Acre (SESP/AC) contabilizou 44 tentativas de assassinatos. Situação que preocupa ainda mais as autoridades.
Diante do quadro, as pastas do setor têm desencadeado uma série de ações para tentar conter o número de mortes. E tem conseguido uma redução perceptível, mas ainda mínima. Em 15 dias, entre os dias 24 de junho e 08 de julho, foram 22 mortes e 23 tentativas.
A partir disso, a polícia iniciou as operações e colocou mais policiais nas ruas. Com isso, entre os dias 9 e 23 de julho, o número de mortes e tentativas caiu para 12 e 21 casos, respectivamente. Apesar da queda nos óbitos violentos, houve alta nas tentativas, crimes não consumados.
No ano passado, no período compreendido entre 1º de janeiro e 23 de julho, o Acre já tinha registrado 263 mortes violentas. Neste mesmo período, esse ano, já eram 247 assassinatos. Uma redução de 6% na contabilidade da SESP/AC. E os dados são continuados.
Em Rio Branco, a Capital do estado, já eram, nesse mesmo período, 145 mortes violentas, até 23 de julho desse ano, contra os 170 homicídios registrados nesse período, no ano passado. Houve, portanto, uma queda de 15% dos índices da criminalidade.