Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Categoria dos professores protocolam no MP de Acrelândia, pedido de providência sobre as paralisações das aulas

Por Adriano Mendes-Acrelândia News

A presidente do SINTEAC Mary Scharia Schult Dutra, juntamente com o conselho municipal de educação representando pela  Francisca Vegas Sales, Nilson Mendes de Carvalho presidente do fundeb, Vereador  Ivanir Vasconcelos-PSB, presidente da comissão de educação saúde, cultura, esporte e lazer na câmara, vereador Valderir Betencourt relator da comissão de ação, saúde, cultura, esporte e lazer no legislativo,  protocolaram  na tarde de ontem quarta-feira, um pedido de providência por parte do ministério público sobre a paralisação das aulas nas escolas da rede municipal de Acrelândia.

Segundo a presidente do sindicato Mary, a paralisação das aulas nas escolas não foi acordada entre a classe do sindicato e nem com o conselho municipal de educação e vereadores, foi um acordo feito entre os gestores das escolas e a secretaria municipal de educação.

No pedido feito ao ministério Público do município com objetivo é levar ao conhecimento do MP para que possa tomar as devidas providências contra o município. Segundo a presidente, os direitos das crianças não estão sendo cumprido pela gestão.

 Segundo a presidente, os alunos do ensino infantil e fundamental do município de Acrelândia, estão fora da escola acarretando prejuízos aos alunos e aos professores que temem não conseguir completar os 200 dias letivos como manda a lei.