Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Deputados do PT do Acre que acompanharem Lula em caravana terão salário cortado

Por
O Acre tem três deputados federais filiados ao Partido dos Trabalhadores: Léo do PT, Sibá Machado e Raimundo Angelim. Eles poderão ter os salários cortados em caso de acompanharem a agenda do ex-presidente Lula, condenado a nove anos de prisão, e que realiza uma caravana por vários estados do país.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, avisou que não vai abonar faltas justificadas como “atividade política”. “Senão a Câmara não vai dar quórum nunca mais na vida”, argumentou.
A informação é destaque na imprensa nacional, já que muitos políticos ligados ao PT estão faltando às sessões para apoiar o projeto de Lula. Na semana passada, o comboio do presidente de honra do partido vou atacado a tiros por manifestantes.
Presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR) justificou como “atividade política/cultural” para tentar não levar falta na sessão do último dia 21. Outros deputados que faltarem precisam do aval de Rodrigo Maia para abonar as ausências.
Porém, tem direito a abono regimental automático líderes partidários, presidentes de legendas, membros da Mesa Diretora e ex-presidentes da Casa. A decisão, vale ressaltar, é nova, e foi anunciada pelo presidente da Câmara Federal.