Há mais Nova Clinica UNID-DENT na Vila Evo Morales fronteira com Plácido de Castro

Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

TV Acrelândia News

Publicidade

Acre tem três das piores faculdades do Brasil, segundo o Ministério da Educação

O Acre volta pela segunda vez ao ranking das piores faculdades privadas do Brasil, com base em levantamento do Ministério da Educação (MEC), mediante avaliação do Índice Geral de Cursos (IGC) no último ciclo de avaliação, divulgado no fim do mês passado.
As faculdades São José, Sinal e Euclides da Cunha, ambas de Rio Branco, são as únicas acreanas classificada na lista negra do MEC. A reportagem não conseguiu contato com as instituições de ensino na manhã desta segunda-feira, dia 15.
Anualmente o Ministério da Educação (MEC), por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), publica os indicadores de qualidade do ensino superior e o principal deles é o IGC (Índice Geral de Cursos). Entre públicas e privadas, foram 2.132 instituições de ensino superior avaliadas e 307 não atingiram a classificação mínima.
As três faculdades atingiram a pior nota de todas: média 1. Isso demonstra a incapacidade das instituições em formar novos graduados e emitir diplomas de nível superior. O índice varia de 1 a 5, sendo que notas abaixo de 3 são consideradas insatisfatórias.
Com a nota abaixo de 3, a “média azul” do índice, as faculdades São José, Sinal e Euclides da Cunha serão sancionadas pelo ministério, sendo impedida até de abrir novas turmas. Há também a possibilidade de a faculdade não puder realizar novos processos seletivos de ingresso, pelo menos até que a nota volta ao patamar ideal.
Por