Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Empresário boliviano é morto a tiros dentro do próprio restaurante no interior do Acre

Um empresário de nacionalidade boliviana, identificado como Tony Gomez Levereny, de 45 anos, foi morto a tiros no início da tarde deste sábado (23) dentro do restaurante dele, em Epitaciolândia, interior do Acre. O suspeito, que estaria vestido de terno e gravata, chamou a vítima para conversar e atirou em seguida.
O empresário morreu ainda no local e a polícia procura pelo suspeito, que fugiu após o crime. Ao G1, o delegado Karlesso Néspoli, disse a polícia encontrou cápsulas de pistola no local do crime. A principal linha de investigação, segundo Néspoli, é execução.
"É o dono do estabelecimento. O cara chegou e atirou nele. Estamos tratando como execução mesmo. Dizem que estava de paletó, foi conversar com ele [vítima], não sei o que conversaram, tirou a arma, atirou nele, entrou em um carro e saiu", complementou.
Néspoli explicou ainda que o corpo do empresário foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco para ser submetido à perícia. Ele acrescentou que a equipe de investigação vai pegar imagens de câmeras de segurança para descobrir mais detalhes da morte.
"Não foi identificado ainda. Estamos levantando informações sobre a vida do empresário. Podem ser vários motivos dívida, briga, mas a principal linha de investigação é a execução. Não teve roubo, assalto. O cara atirou e foi embora", concluiu.