Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Aumento no preço da conta de energia passa a valer a partir do dia 30 de novembro

O aposentado Pedro Silva gasta uma média de R$ 217 mensalmente com a conta de energia. Um custo que, para ele, pra quem ganha um salário mínimo é difícil de manter. Porém, esse valor deve aumentar nos próximos dias.
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou reajuste tarifário. Consumidores residenciais e pequenos comércios vão sentir um aumento de 2,57% na fatura.
“Ninguém consegue pagar energia cara desse jeito. Tem jeito de pagar energia não. Fica no escuro, só dormindo em casa e pronto, não assiste televisão, não faz mais nada”, reclama.
O Superintendente da área comercial da Eletrobras Distribuição Acre (Eletrobras-AC), Thiago Alencar, explica que o novo aumento deve valer até dia 29 de novembro do próximo ano.
“O reajuste vai se dar de 30 de novembro deste ano até 29 de novembro do ano que vem. É um reajuste anual e o reajuste médio percebido pelo consumidor será de 1,51%”, explica.
Para o monitor de alarme, Belízio de Araújo, a notícia também não foi muito boa. “A situação está difícil para todo mundo e esse aumento veio numa hora ruim. As contas estão em dias, aí vem esse aumento. Difícil mesmo", reclama.
Ao contrário do consumidor residencial, o setor de indústrias e grandes empresas teve uma boa notícia, uma vez que ocorrerá uma diminuição de 3,6% no valor da conta de energia elétrica.