Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Sebastião critica ausências da presidente do STF e da procuradora-geral da República em encontro: “Se fosse Toronto, Paris ou Alemanha estariam aqui”

Por
O governador Sebastião Viana ficou insatisfeito com as ausências da presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, e da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no Encontro dos Governadores do Brasil, em Rio Branco, no Acre, que ocorre na manhã desta sexta-feira, 27, no Resort Hotel.
Segundo Viana, a presidente do STF e a procuradora-geral da República confirmaram presença, mas cancelaram “alegando razões de agenda”.
“Talvez, se o Acre fosse Toronto, Paris ou na Alemanha, estivessem aqui”, disse Viana na abertura do evento”, protestou o governador, que também aifrmou: “Lamento tão somente que sua excelência, a presidente do Supremo Tribunal Federal, e sua excelência, a procuradora-geral da República, que confirmaram presença nesse evento, tenham deixado de compreender a importância deste evento, alegando razões de agenda.”