Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Prefeito esbarra na burocracia e Acrelândia fica até sem merendeira diz Colunista Evandro Cordeiro.

A disputa na Justiça da licitação que contrataria uma empresa de terceirizadas para o município de Acrelândia está prejudicando a administração do prefeito Ederaldo Caetano (PSB). Muitos serviços estão prejudicados, como o de merendeira das escolas, por exemplo, por causa da burocrática disputa.

Ao vencer as eleições em Acrelândia o prefeito Caetano passou a ser a nova esperança dos munícipes, que há uma década e meia sofrem com gestões fraudulentas. E nos primeiros oito meses de gestão houveram avanços. Há fortes sinais de que o município, situado a 117 km de Rio Branco, sentido Rondônia, pela BR-317, vá recuperar seus bons tempos. Mas a burocracia está emperrando alguns serviços.

“Preciso contratar a mão de obra via terceirizada, porque por concurso não é mais possível, devido a lei de responsabilidade fiscal, mas a licitação emperrou sob uma forte burocracia e isso está prejudicando nossa gestão”, diz o prefeito Caetano. Até os próximos 15 dias ele e equipe estudam uma forma de resolver a situação.  

Por Evandro Cordeiro