Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Mais de 130 pessoas em conflito com a lei são presas pela Polícia Civil em 4° fase da operação Aquiri


Desde a última sexta-feira (20), a Polícia Civil vem deflagrando a quarta fase da “Operação Aquiri” nos 22 municípios do Acre, com o objetivo de combater o crime organizado e prender pessoas em conflito com a lei. No total foram presas 137 pessoas, sendo 22 flagranteados e 95 mandados de prisão.
A ação contou com a participação de mais de 120 agentes de polícia, 25 delegados e 16 escrivães. Na capital 22 presos foram apresentados suspeitos pelos mais diversos crimes, entre eles, roubo, furto, homicídio, latrocínio, recepção, organização criminosa e tráfico de drogas entre outros.
“Essa é a quarta fase desta operação e quantas forem necessárias devem acontecer para que nós cumpramos o nosso papel que é de tirar de circulação essas pessoas em conflito com a lei e trazer de volta a paz que tanto queremos. Esta é uma das operações já realizadas pela Polícia Civil com 157 mandados judiciais cumpridos, são homicidas, latrocidas, assaltantes, traficantes e todos criminosos”, disse o Secretário de Segurança, Emylson Farias.


A primeira fase da operação Aquiri foi realizada em outubro de 2015, época em que foi confirmada a existência de facções criminosas no Acre, com 157 prisões, as outras duas operações aconteceram ao logo de 2016 com mais 171 prisões. Para que essa quarta fase acontecesse houve um processo de investigação que durou aproximadamente dois meses.