Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Governo abre mais de 200 vagas para educador e coordenador do Programa Quero Ler para indígenas

Secretaria de Educação e Esporte do Acre (SEE-AC) abriu, nesta sexta-feira (27), processo seletivo simplificado para selecionar educadores e coordenadores bolsistas para ações do "Programa Quero Ler”, que tem o objetivo de escolarizar alunos com 15 anos ou mais que não tiveram acesso à educação básica na faixa etária adequada, voltadas a indígenas.
São 212 vagas para alfabetizador e 24 para coordenação. O prazo para realizar inscrição segue até o dia 12 de dezembro.
edital completo do certame pode ser conferido na edição desta sexta do Diário Oficial do Estado, a partir da página 11. O valor da bolsa para educador é de R$ 800, a carga horária de trabalho vai ser dividia em 15 horas de aula e 8 horas para planejamento didático-pedagógico. Já a bolsa para coordenador, cuja carga horária semanal é de 20 horas, é de R$ 1 mil.
Para se inscrever, os candidatos precisam ser indígenas e serem reconhecidos como membros legítimos de uma comunidade/etnia por meio de documento expedido por uma comunidade ou associação que tenha vínculo.
Os candidatos precisam ter, no mínimo, nível médio para educador. Já para coordenador, o candidato precisa ter ensino superior em cursos de licenciatura/bacharelado ou estar estudando a partir do 3° período em uma graduação.
Segundo o edital, a pontuação para a seleção vai ser graduada da maior para a menor formação/habilitação, em escala decrescente, não cumulativo.
Nesse caso, os inscritos que tiverem nível superior ou cursando nível superior a partir do 3º período devem ter melhor pontuação na análise de currículo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas nos municípios onde as vagas estão disponíveis. A lista com os locais onde devem ser entregues as inscrições consta no edital.
A previsão é de que o resultado final seja divulgado no dia 31 de janeiro de 2018. Os selecionados vão trabalhar na zona rural, terras indígenas, de 12 municípios do interior do estado.
As unidades de ensino são localizadas nas cidades de Assis Brasil, Cruzeiro do Sul, Feijó, Jordão, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter, Rodrigues Alves, Santa Rosa do Purus, Sena Madureira e Tarauacá.
O edital prevê que as turmas devem ser formadas com mínimo 10 alunos. No caso dos educadores, após serem selecionados, eles têm um prazo de até 15 dias para formar sua turma e localizar o espaço para funcionamento da turma.
O processo seletivo simplificado tem validade de dois anos e pode ser prorrogado por igual período conforme demanda da SEE-AC ou "Programa Quero Ler”.

Sobre o programa

O programa Quero Ler tem como objetivo ampliar a oferta para alunos que fazem parte da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e também a alfabetização de pessoas acima de 15 anos que não tiveram acesso à educação básica. A iniciativa faz parte das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) e tem como proposta erradicar o analfabetismo no Brasil até 2024, quando acaba a vigência do plano.