Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Com crise, prefeito de Acrelândia suspende diárias, passagens e ajuda de custo a servidores

Alegando crise, o prefeito de Acrelândia, Ederaldo Caetano de Sousa, decidiu suspender a concessão de diárias, passagens e ajuda de custo a todos os servidores públicos do município. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta segunda-feira (2) e entra em vigor a partir da data de publicação.
No documento, o prefeito diz que levou em consideração a crise econômica e financeira que atinge todos os entes e têm reflexos institucionais com as constantes reduções de repasses. Além disso, também considerou a necessidade de atender à Lei de Responsabilidade Fiscal e garantir o equilíbrio da receita e despesas do município.
Caetano afirma que com a diminuição da receita de Acrelândia a suspensão foi necessária em caráter de urgência. O objetivo é "assegurar o atendimento à comunidade com o uso racional e eficiente de recursos públicos", diz a publicação.
A suspensão não abrange a necessidade de deslocamentos nos casos em que o servidor for tratar assuntos de interesse do município junto a órgãos da administração pública federal e estadual.
O decreto também não vale para casos de audiências, acompanhamentos judiciais e capacitação de servidores da saúde e educação em que as despesas sejam custeadas por órgãos federais ou estaduais.
Por Quésia Melo,