Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Vereadores visitam comunidade de Acrelândia e ouve atentamente as reivindicações dos moradores


Os vereadores Marciano Tiririca-PSD, Rozeno-PSD e a vareadora Rosa-PROS, passaram o dia em uma visita nas comunidades mais distante de Acrelândia na última quinta-feira.

Os vereadores foram até o ramal do Carlito uma extensão do ramal do Pelé na associação Unidos pela Paz. Na primeira visita os parlamentares foram recebidos pelo senhor Altermir e sua família. Segundo o produtor um dos maiores problemas enfrentando pela comunidade daquela região é a falta de assistência na área da saúde, o morador afirmou que mais de três anos a comunidade não tem a cobertura de agente de saúde, para o morador a comunidade está esquecida pelo poder público.

Em seguida os vereadores foram até a casa do senhor Chicaria presidente da associação, no local os parlamentares ouviram o reclame daquele senhor principalmente voltado a falta de interesse do poder público em levar os benefícios na saúde e assistência social.

A situação do Senhor Chicaria ainda é maior, ele tem um filho de aproximadamente 30 anos com problema de depressão, o filho tem vários anos que não recebe atendimento e muito menos não tem nenhum acompanhamento médico ou Assistencial.

 O rapaz passa a maior parte do dia isolado dentro de uma pequena casa e se recusa a conversar com as pessoas, e não aceita ir até a cidade para tratamento médico. O senhor Chicaria afirmou aos parlamentares que a única vez que receberam alguma visita de um agente de saúde foi no começo do mandado do ex-prefeito Jonas, de lá para cá a comunidade foi abandonada.

Na sequência os parlamentares visitaram a colônia 2 Irmãos já nas proximidades com a divisa de Rondônia na beira do Rio Abunã, a anfitriã da casa, a senhora Dona Maria, recebeu os parlamentares juntamente com seus filhos. Na pequena propriedade a família vive do sustento de pequena lavoura de banana, maracujá e um plantação de palmitos.

Mas por falta de escoamento da produção e os incentivos por parte governo e principalmente da prefeitura a família passar por dificuldades.

Hoje eles têm uma plantação de mais de 6 mil pés de palmitos já produzindo, porem se perdendo por falta de comprador.

No final do dia os vereadores Rosa, Marciano Tiririca e Rozeno afirmaram que irão realizar um relatório sobre as questões apresentadas pelos moradores e irá cobrar providência por parte do prefeito Caetano e principalmente da secretaria municipal de saúde que não consegue atender a demanda da população nestas áreas.

Segundo a vereador Rozeno, a falta de agente de saúde nestas áreas, não é culpa por parte dos agentes municipal de saúde, mas sim da secretária Valeria Lima, já que na localidade não tem cobertura de agente e é dever da secretaria em disponibilizar um agente para área.

"O maior problema parece que a secretaria desconhece estes lugares, embora sejam longe e na divisa com Rondônia, mas pertence ao município de Acrelândia e existem moradores, vou  cobrar agora com mais rigor na tribuna uma posição por parte da secretária Valéria Lima sobre as reivindicações daquela comunidade, já estou casado de levar as revindicações sobre está situação  e não temos nenhuma resposta por parte da secretaria". Disse Rozeno.