Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Prefeita de Tarauacá devolve recursos, população se revolta e vereadora entra na justiça

Por

A prefeita do município de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD), devolveu mais de R$ 400 mil que seriam destinados para a construção de uma Unidade Básica de Saúde (USB). Ao saber da decisão, a população ficou revoltada e decidiu fazer uma campanha de arrecadação para construir a unidade por contar própria. A vereadora Janaina Furtado (Rede) entrou com uma ação na justiça para anular o ato administrativo.
Os recursos, que são oriundos de uma emenda parlamentar do senador Jorge Viana (PT), beneficiariam os moradores dos bairros Cohab. “Isso é um absurdo. Enquanto o restante do Brasil está mergulhado na maior crise da sua história, a prefeita conseguiu fazer essa proeza”, ironizou a parlamentar, informando que Marilete Vitorino não consultou a Câmara de Vereadores e o Conselho Municipal de Saúde (CMS).
Para Janaína Furtado, a mobilização da população pelas redes sociais tem apenas uma carga simbólica. “Entramos com um pedido de liminar para anular a decisão da prefeita”, explicou a vereadora, que pediu a intervenção dos senadores Jorge Viana e Gladson Cameli (PP) no caso.
Em contato com a nossa reportagem, a prefeita confirmou a devolução dos recursos, porém esclareceu que a emenda, por ser de 2015, está defasada sendo necessário uma contrapartida de R$ de 320 mil, recurso que o município nos dispõe. “A construção da UBS custaria nos dias atuais R$ 728.000”, disse Vitorino, garantindo que não existem burocracias para liberação do recurso atualizado.
Ainda segundo ela, a prefeitura também teria que indenizar um terreno e abrir uma rua para dá acesso à UBS. “Não se pode ir construindo UBS’s sem dotá-las de equipamentos e profissionais”, justificou Votorino, afirmando que os moradores da comunidade não ficaram desassistidos porque, nas imediações, existem uma USB funcionando e outra sendo construída.