Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Membro de facção é preso com fuzil AK-47 durante abordagem em Rio Branco, diz polícia

Policiais do 5° Batalhão da Polícia Militar do Acre (PM-AC) prenderam nesta terça-feira (19) um homem que transportava um fuzil AK-47. O caso ocorreu no bairro Jorge Lavocat, em Rio Branco. Além do fuzil, outras três prisões e apreensões de armas de fogo foram feitas durante a ocorrência. Segundo a PM-AC, o suspeito afirmou ser integrante de uma facção criminosa.
O tenente Edmundo Bezerra explicou que, durante uma ronda de rotina, os militares abordaram o homem, que estava parado em uma Saveiro vermelha em frente a um ponto de venda de drogas.
Ao perceber a presença dos policiais, o suspeito saiu em fuga e no bairro Tancredo Neves, perdeu o controle do veículo e colidiu contra o meio-fio e uma casa, que ficou parcialmente destruída.
“Após pedirmos a identificação do rapaz e verificarmos o carro, encontramos esse fuzil. Ele disse que a arma seria de um outro homem. Fomos até a casa desse outro rapaz e ao chegarmos lá apreendemos mais duas armas e prendemos ele. O segundo homem também disse que o armamento não pertencia a ele e chegamos a uma terceira pessoa. Com ela, foi encontrado mais uma arma”, relatou o tenente.
Fora o AK-47, uma pistola .40 de uso exclusivo da polícia, um revólver calibre 38, uma espingarda calibre 20, munições, drogas e dinheiro foram retidos pelos policiais. Os três presos e os objetos apreendidos foram encaminhados para a Delegacia de Flagrantes (Defla).
Além dos bairros Jorge Lavocat e Tancredo Neves, as prisões e apreensões também foram feitas no Montanhês. Segundo Edmundo, somente o primeiro suspeito admitiu fazer parte de uma facção criminosa.