Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Juíza terá até 10 dias úteis para dar parecer final no caso dos PMs em Acrelândia.

Durante todo o dia desta segunda-feira, ocorreu o segundo dia da audiência de instrução e julgamento dos quatros policias militares e um policial civil acusado de ter provocado a morte do jovem Edimilson Simão da Rocha, ocorrido no mês de junho deste ano em Acrelândia, a denúncia foi apresentada pelo ministério público do município.

A audiência foi presidida pela Juíza Titular da comarca de Acrelândia Kamylla Acioli Nins e Silva, a magistrada ouviu 38 testemunhas de acusação e defesa.

No final do dia, a magistrada ouviu os depoimentos dos policiais que durou por mais de três horas, a sessão foi acompanhada por familiares da vítima e dos acusados que lotaram a galeria do fórum. Ao final o Promotor de Justiça Teotônio Rodrigues apresentou as alegações finais sobre a denúncia contra os policiais, o advogado do policial civil também apresentou a defesa final do mesmo.

Já os PMs que são quatro, dois sargentos e dois soldados, a defesa terá 5 dias úteis para apresentar as alegações finais.

Em seguida a magistrada encerrou a sessão na comarca de Acrelândia. A Juíza terá 10 dias úteis para se pronunciar sobre o caso, mas só depois que foram entregues as alegações dos PMs.

Os militares continuaram presos até que a magistrada der o parecer final em até 15 dias úteis

Por Adriano Mendes