Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

UBS do Portelinha poderá ser reformado antes de inaugurar por falta de agilidade e recursos municipal

O site Acrelândia News irá produzir uma série de reportagem especial na cidade de Acrelândia, com visitas na zona rural e urbana.  Nossa reportagem especial desta semana, iremos está relatando sobre a construção da UBS do Bairro Portelinha”.



A Unidade Básica de saúde (UBS), construída no bairro Portelinha está em construção a mais de um ano e meio, ela servira para atender as demandas dos moradores desta região.

A obra é um projeto do ministério da saúde em parceria com a prefeitura. Em Acrelândia a UBS começou seu projeto ainda no mandato do ex-prefeito Clovis Moretti, em seguida fora parte concluída pelo ex-prefeito Jonas Dales, ao assumir o cargo o prefeito Caetano teve a obrigação em terminar a obra.

A obra está praticamente pronta para que possa realmente funcionar, só depende da prefeitura através da secretaria municipal de saúde em adquiri o material logístico para o funcionamento.

 A demora na aquisição destes materiais por parte da gestão municipal, faz com que o novo empreendimento possa a se deteriorar com o tempo. A pintura ainda recém feita está se desmanchando, o piso já apresenta manchas e a rampa de acesso a entrada da UBS deteriorada, sem falar nas instalações elétricas expostas, já que no local não tem nenhum vigia e a noite fica exposta a práticas de vândalos.

A nova UBS fica ao lado de uma das maiores Cohab de moradores e muitos alegam quando a prefeitura for realizara inauguração, será preciso reformar o prédio causando prejuízos aos cofres públicos.

O vereador Rozeno PSD falou que por diversas vezes cobrou mais empenho por parte da secretaria de saúde, mas até agora nada foi providenciado.

A UBS da Portelinha traz o nome de Zulmira Garcia Rodrigues uma antiga moradora de Acrelândia, os moradores da região sonham com a unidade funcionado, mas com o andar da carruagem que passa a administração, ainda terão que esperar.

A gestão alega falta de recursos para adquirir as matérias logísticos para o funcionamento da UBS.

Adriano Mendes-Acrelândia News

Confira O vídeo: