Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Taxistas e mototaxistas realizam ato de apoio à fiscalização de transportes clandestinos em Rio Branco

Reunindo vários manifestantes na manhã desta terça-feira (29), o Sindicato dos Taxistas e Condutores Autônomos do Acre (Sintcac) realiza um ato de apoio à Prefeitura de Rio Branco e à Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans).

O objetivo da mobilização, que teve concentração no Teatro Plácido de Castro, é reforçar a importância do Sindicato e da legalidade envolvendo o transporte de passageiros na Capital, cujo conflito se intensificou nos últimos meses com a chegada do serviço Uber ao Acre.
No total, entre taxistas e mototaxistas, existem 2.200 pessoas devidamente cadastradas e filiadas ao Sindicato em Rio Branco. Esperidião Teixeira, presidente do Sintcac, destaca que a categoria, devidamente legalizada, demonstra total apoio ao prefeito Marcus Alexandre nessas fiscalizações.
“Não vou citar nomes para não fazer apologia aos sistemas ‘criminosos’ no Brasil, mas hoje já existem carros trabalhando até nas paradas de ônibus! Nós pagamos impostos, e queremos que as devidas ações sejam tomadas”, disse Esperidião.
Para o taxista José de Oliveira Júnior, de 48 anos, que está na praça há 17 anos, existe essa vontade em mostrar para a população a importância da legalidade: “Existem pais e mães de família que precisam desse trabalho, e que estão sendo prejudicados pelos sistemas que não estão legalizados”.
Do Teatrão, os taxistas e mototaxistas seguem até a Prefeitura de Rio Branco, no Centro. REDAÇÃO CONTILNET