Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Processo seletivo UNIP-Acrelândia

Processo seletivo UNIP-Acrelândia
,

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Moradores do Mocinha Magalhães vivem tarde de terror na tarde desta terça-feira com intenso tiroteio

Na tarde de terça-feira (18), uma dupla tentou assaltar um comercio na Rua Ingá, localizada no bairro Mocinha Magalhães. De acordo com informações de testemunhas, um policial à paisana, que fazia compras no momento, sacou uma arma impedindo a consumação do crime. Os bandidos, que estava em uma moto, empreenderam fuga e em o garupa revidava os tirou. Apesar das trocas de tiros, ninguém ficou ferido.
A policia chegou a ser acionada, mas, ao chegar no local, os assaltantes já haviam tomado rumo ignorado, embrenhando-se numa mata. O intenso tiroteio assustou os moradores, inclusive causando pânico em um idoso, que entrou em contato com o site ContilNet para relatar que os tiros continuaram por um longo período enquanto os criminosos fugiam pela mata. “Minha família está aterrorizada, alguns já saíram de casa com medo de morrer”, disse o morador.
Intenso tiroteio foi ouvido por moradores/Foto:Reprodução
De acordo com o Sistema de Segurança Pública, os tiros ouvidos pelos moradores se tratava de uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) que passou a tarde patrulhando uma área de floresta aos fundos do bairro Mocinha Magalhães, região que vinha sendo utilizada como refúgio de membros de facções criminosas.
No local a polícia destruiu uma espécie de acampamento dos criminosos, também mapeou o terreno para outras operações ostensivas. De forma simultânea, a Polícia Militar em Feijó realizava abordagem em veículos que trafegavam pela BR-364, no sentido de inibir o tráfico de droga e de armas de fogo, na rodovia.
Ações foram feitas em diversos municípios/Foto:Reprodução
Uma operação semelhante foi realizada, também pela Polícia Militar em Tarauacá na estrada que liga o município à cidade de Cruzeiro do Sul. Articulada, simultaneamente, a PM, no município de Plácido de Castro, uma executava uma mega operação de trânsito, na faixa fronteiriça do Acre com a Bolívia.
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Emylson Farias, a ação conjunta entre agentes das Polícias Civil e Militar de Acrelândia, no interior do Acre, realizada na manhã de terça-feira resultou na prisão de quatro pessoas e ainda a apreensão de quatro armas de fogo. A ocorrência aconteceu no Ramal da Linha 7, na zona rural daquele município.
Em Rio Branco, a secretaria de Segurança não informou se houve prisões.