Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Em um período de 6 horas, duas mulheres são assassinadas a tiros no Acre

Em um período de seis horas, duas mulheres foram assassinadas a tiros na capital Rio Branco e no interior do Acre. A primeira vítima foi a autônoma Gisalda Costa, de 33 anos, morta enquanto caminhava na Quarta Ponte da capital acreana. Já na Vila do V, região de Porto Acre, a adolescente Ana Cleide, de 14 anos, levou um tiro nas costas no momento em que conversava com um amigo em frente de casa.
A morte da autônoma é investigada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Nesta sexta-feira (21), o delegado Rêmulo Diniz disse que foram detidos dois homens pela morte, porém, deve liberados por falta de provas. Ele acrescentou que a morte de Gisalda deve ter sido motivada por questões pessoais.
Já a morte da adolescente Ana Cleide, pode ter sido motivada pela guerra entre facções criminosas, segundo informou a Polícia Civil. A família falou no Instituto Médico Legal (IML) que a estudante namorava um membro de uma facção, mas tinha terminado o relacionamento recentemente.
Na noite de quinta, Ana conversava com um membro de outra facção em frente da casa dela quando uma dupla em uma motocicleta passou e atirou. Os parentes acreditam que o ex-namorado seja o autor do disparo que matou a estudante. A polícia está investigando o caso.