Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Em ato a favor de Lula, Jorge Viana fala em “plano diabólico” contra o PT e diz que ex-presidente foi “injustiçado

O senador Jorge Viana apelou para um discurso de vitimização do PT e de Lula ao afirmar que o ex-presidente precisa do “socorro nosso” porque é “inocente e injustiçado” e um “condenado sem provas”. O discurso do senador petista foi proferido na noite desta segunda-feira, 17, durante ato organizado pelo PT do Acre em defesa da maior estrela petista, no auditório da Secretaria de Educação, na Ladeira do Bola Preta, em Rio Branco. Foi o primeiro encontro em manifestação de solidariedade ao ex-presidente por causa da condenação de nove anos e seis meses de prisão pelo juiz Sergio Moro no caso do triplex do Guarujá. “Nunca um ex-presidente passou o que Lula tem passado”, disse.
Jorge Viana também citou Dilma Rousseff afirmando que houve um “plano diabólico atendendo um calendário” para “tirar” a petista da Presidência da República.

Já o deputado federal Léo de Brito disse que Lula sofre um “massacre midiático” e repetiu críticas à Rede Globo e ao juiz Sérgio Moro. Para o parlamentar, Moro proferiu uma “sentença vergonhosa” contra Lula e “sem provas”.

“73 testemunhas a favor da inocência de Lula e todas foram desconsideradas. Quem condenou o ex-presidente Lula não foi o juiz Sérgio Moro, foi a Rede Globo”, afirmou
Léo de Brito completou: “Eleição sem Lula em 2018 é fraude”.
O encontro do PT contou com a presença de vários parlamentares do partido e lideranças comunitárias . O governador Sebastião Viana não compareceu ao evento.
Por ac24horas