Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Visita dos Deputados Nelson Salé e Nicolau Junior em Acrelândia repercuti na Aleac

Depois da visita dos Deputados estadual, Nicolau Junior-PP e Nelson Sales-PV em Acrelândia na ultima segunda-feira, com objetivo de ver de perto as demandas dos produtores rurais de Acrelândia, vem surtindo efeito na assembleia legislativa do Acre e principalmente no governo.

Depois da visita dos deputados eles usaram a tribuna da assembleia e fizeram diversas cobranças em favor do município de Acrelândia.

Os deputados cobraram principalmente em apoio aos pequenos produtores de banana que vem sofrendo com a queda do preço e do auto imposto cobrado pelo governo.

As criticas feitas pelos deputados do PP, Nicolau Junior e Nelson Salés, repercutiu tanto, que no próximo dia 14 a partir das 15:00 horas, será realizado uma audiência pública votado ao produtores de Acrelândia. Será realizado pela comissão de legislação agraria, fomento, agropecuária, industria e comercio,tecnologia e meio ambiante da assembleia legislativa do Acre. A audiência acontecerá no auditório do CEDUP, localizado na Av. Adenilson Rogério de Oliveira.

A visita dos deputados ao município de Acrelândia é fruto de um pedido feito pelo ex-vereador Djalma e o vereador Sionayton do PP. 

Os deputados Nicolau Junior-PP e Nelson Salé do PV fazem parte da comissão agrária na assembleia legislativa. Segundo Nelson Salés é desumano ver tanto sofrimento por parte dos pequenos produtores rurais de Acrelândia e não fazer nada. O deputado na tribuna Criticou o governo por está cobrando uma Líquida tão alta para o preço da manana.

Para o deputado Nicolau Junior do PP Acrelândia é o maior produtor de banana do estado e não entende porque o governo cobra um imposto tão alto, além de não dar um apoio mais eficaz aos produtores.

Na audiência será abordado os temos: como Impostos sobre comercialização de produtos agrícolas, Plano agrícola,crédito rural e assistência técnica. 

Por Adriano Mendes