Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Processo seletivo UNIP-Acrelândia

Processo seletivo UNIP-Acrelândia
,

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Tião Viana se reúne com lideranças indígenas e discute políticas públicas

Num momento histórico para os povos indígenas do Acre, o governador Tião Viana participou na tarde desta terça-feira, 20, do Encontro de Líderes Indígenas Com o Governo do Acre, que reuniÂncorau 70 pessoas representando as 34 terras e as 15 etnias do estado.
Durante três dias, o Encontro realizado na sede da comissão Pró-Índio do Acre (CPI) tem feito um grande diálogo entre lideranças indígenas e membros do governo do Estado dos setores de meio ambiente, turismo, educação, cultura e produção para discutir a aplicação de políticas públicas, demandas e conquistas destes povos.
“As grandes lideranças, as pessoas de maior autoridade cultural, espiritual e histórica dos povos indígenas do Acre estão reunidas aqui para traçar as principais necessidades para consolidarmos as políticas públicas indígenas do Acre. O governo está fazendo uma parte enorme, mas essa visão de independência e felicidade dos povos também tem que vir deles mesmo”, disse o governador.
Até o fim de 2018, a expectativa é de que o governo de Tião Viana chegue a R$ 75 milhões investidos nos povos indígenas do Acre somando suas duas gestões. Com todos os esforços já somados em todos os setores, as prioridades agora passam a ser uma revolução na educação indígena - incluindo um concurso para professores - e produção rural, com R$ 14 milhões através do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), além do lançamento de um edital pelo REM/KfW Fase I .
Lideranças ouvidas
As lideranças indígenas presentes também apresentaram demandas ao governador, principalmente as necessidades em relação a criação de marcos legais estaduais, um fundo comunitário e a ideia de uma Comissão Estadual de Educação Escolar Indígena.
Um dos líderes da Organização dos Povos indígenas do Rio Juruá, Francisco Pianko, ressaltou que a gestão governamental presente ao longo dos últimos anos fez um importante reconhecimento dos povos indígenas na construção de políticas públicas de forma parceira. Para ele, o encontro de líderes é um marco.
“Isso é muito importante. Cada governo, nos últimos anos, teve um jeito de se envolver com os povos indígenas. E o Tião Viana tem trabalhado muito para a implantação de projetos dentro das comunidades. Essa é uma reunião ampla, discutindo diversas áreas, pensando juntos e com uma avaliação positiva, orientando os processos de forma coletiva”.
O assessor do governo para Assuntos Indígenas, Zezinho Kaxinawa, ressalta: “O principal objetivo aqui é fazer esse diálogo com os povos indígenas e o governo. São lideranças, representantes políticos, professores, discutindo a melhor forma de esses investimentos chegarem dentro das aldeias”.