Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Processo seletivo UNIP-Acrelândia

Processo seletivo UNIP-Acrelândia
,

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Homem é morto na frente do filho de 9 anos em conjunto habitacional de Rio Branco

Antônio Josimar Paulino da Silva, de 28 anos, foi assassinado na noite desta quarta-feira (7) com um tiro na região do tórax, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco. Segundo a família, o filho de 9 anos da vítima viu o pai ser morto. Ninguém foi preso e o corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).
A família reclama ainda que a cadáver de Silva chegou por volta das 19h de quarta e até a manhã desta quinta (8) não havia sido liberado. Revoltados, os parentes pediram providências.
Ao G1, a direção do IML informou que o médico legista da noite de quarta está à disposição da academia de perito e, devido a isso, o plantão ficou descoberto. A direção acrescentou que o médico desta quinta chegou mais cedo para liberar o cadáver da vítima.
“É um absurdo. Porque não liberam meu irmão?. Vai chegar na hora de ser enterrado e não vamos ter nem o direito de se despedir dele. Desde ontem meu irmão está aqui. O médico disse que não ia mais atender”, lamentou um parente que não quis se identificar.
Ainda de acordo com a família, Silva estava saindo da casa da mãe para ir à residência da irmã dele. A vítima foi atingida com um tiro no tórax e morreu no local do crime.
“Foi uma cilada para ele. Estava saindo com a trouxa dele na moto para a casa da irmã dele. Tinha brigado com a mulher. Era trabalhador, deram um tiro nele. A mãe dele achou até que estavam jogando bobinhas. O filho dele entrou dizendo 'meu pai está morto’. Foi na frente dele [filho]”, finalizou.
Por G1