Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Sinhasique denuncia que Centro para Idosos não funciona desde dezembro do ano passado

Após denúncias, a deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) esteve no Centro Dia para Idosos, coordenado pelo Serviço de Proteção Social Especial da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), e constatou que desde dezembro do ano passado as atividades estão paradas por conta de um atraso na licitação de alimentos.
“O Centro Dia, que atende 74 idosos em Rio Branco e oferece hidroginástica, fisioterapia, artesanato e outras atividades, paralisou suas atividades em dezembro, porque não concluiu a licitação para a aquisição de gêneros alimentícios”, denunciou a deputada.
Sinhasique utilizou a tribuna da Aleac para denunciar o abandono da terceira idade acreana /Foto: Assessoria
O que mais chocou a parlamentar é que ela encontrou o refeitório do Centro lotado de sacolões. “O mais grave é que o refeitório do centro está lotado de sacolões com arroz, feijão, café, milharina, bolacha. Sacolões que nem foram distribuídos para pessoas carentes e nem serviram para os idosos do centro. É muita incompetência”, criticou.
Para Eliane, a burocracia está impedindo que o trabalho tenha continuidade. “Enquanto a licitação não é concluída, a Seds poderia entrar em contato com outras secretarias para conseguir frutas, legumes e carnes, como empréstimo, para que o centro voltasse a funcionar”.
A deputada lamenta que o centro complete aniversário sem atividades para os idosos. “Amanhã [10 de Maio], o centro completa 16 anos de existência. O local oferece toda uma estrutura para que nossos idosos se movimentem e tenham uma melhor qualidade de vida. É um trabalho fantástico! Porém, está parado!”.
Depois que a parlamentar esteve no centro nesta terça-feira (9), a Agência de Notícias do Governo soltou matéria informando que retomará as atividades com os idosos nas próximas semanas. “Depois da minha denúncia, eles se explicaram. Antes disso, nem satisfação para a população idosa davam”.
Assessoria