Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Ex-prefeito Jonas Dales disse que todas as recomendações da justiça foram feitas na época em que era prefeito.

Depois de circular na imprensa a condenação em primeira instância contra o ex-prefeito de Acrelândia Jonas Dales, pela a Juíza Direito substituta Kamylla Acioli de Acrelândia, no processo contra o ex-gestor de Acrelândia que julgou procedente a Ação Civil de Improbidade Administrativa, em caráter liminar, e suspendeu os direitos políticos por cinco anos do ex-prefeito de Acrelândia, Jonas Dales da Costa Silva. A juíza de também determinou ressarcimento do dano moral coletivo no valor de R$ 21 mil ao ex-gestor 

O ex-prefeito falou a nossa reportagem na manha desta quarta-feira-17, em seu estabelecimento comercial. 

Segundo Jonas na época da denúncia o ministério publico fez diversas recomendações para o melhoramento dos trabalhos no conselho Tutelar. Segundo Jonas Na época tudo fora atendido dentro das condições do município. 

Segundo Jonas, a condenação foi na primeira instância, seus advogados estão recorrendo da decisão da magistrada. 

Jonas disse está de cabeça erguida e tranquilo com Deus, já que nunca praticou qualquer ato de ilegalidade, Jonas disse que seu mandato foi conturbado por conta de perseguições pessoais e politicas de um certo grupo. 

Jonas afirmou que o tempo será as respostas de sua conduta como gesto de Acrelândia e que ira provar qualquer denúncia na época contra sua gestão. 

Por Adriano Mendes