Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Em Congresso do PT, Jorge Viana cutuca oposição: “Acham que já ganharam o governo e tão agora querendo disputar o Senado”

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Daniel Zen, foi homologado como presidente do PT do Acre durante o 6º Congresso Estadual do partido, no Resort Hotel, na Via Verde, em Rio Branco, nesta sexta-feira, 05. O evento reuniu lideranças como o senador Jorge Viana, a vice-governadora do Acre, Nazaré Araújo, o prefeito Marcus Alexandre Viana e parlamentares do PT.
O congresso foi aberto pelo cientista político Ermicio Sena, que fez seu último discurso como presidente estadual da sigla. Ele fez menções elogiosas a Lula e agradeceu aos correligionários pelo apoio durante o tempo em que esteve na condução do partido.
As delações envolvendo o ex-presidente Lula e as eleições 2018 foram os assuntos mais citados por quem fez o uso do microfone no congresso.
Daniel Zen disse, ao falar sobre eleições 2018, que tem consciência de que o próximo pleito será o mais difícil para o partido no Acre devido a todo contexto que cerca a legenda.
“Pelo menos neste momento temos um adversário que é tido como favorito”, disse Zen se referindo ao senador Gladson Cameli (PP), nome da oposição para o governo do Acre.
O deputado também falou em trabalhar durante os próximos anos no PT em três eixos. A prioridade será a “organização paritária”.
Para Jorge Viana ainda “é muito cedo pra oficializar candidaturas”. “Não é falsa modéstia, não. A gente só pode definir candidatura depois que a gente andar todos o diretórios”, disse.
Jorge Viana aproveitou para cutucar a oposição. Para o petista, seus adversários erram quando “acham que já ganharam o governo”. “Nós temos condição de oferecer um plano de governo pra população. A oposição tem aparentemente um candidato ao governo e ela comete um erro brutal como já cometeu em 2010: eles acham que já ganharam o governo e tão agora querendo disputar o Senado. Já fizeram em 2010 e em 2012 quando o Marcus Alexandre ganhou as eleições.”