Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Senadores acreanos se somam à maioria que votará pelo impedimento de Dilma

Dois dos três senadores do estado do Acre, Gladson Cameli (PP-AC) e Sérgio Petecão (PSD-AC) são favoráveis ao impedimento da presidente afastada Dilma Rousseff. A votação histórica acontece hoje (31). Dos 63 senadores que discursaram na sessão que começou no início da tarde desta terça-feira e encerrou às 2h36 da madrugada desta quarta-feira, 43 se declararam favoráveis ao impeachment.
Embora não tenha havido nos pronunciamentos um mínimo 54 apoios para condenar Dilma por crime de responsabilidade, proporcionalmente, houve manifestações entre os senadores para considerá-la culpada.
Segundo a agência Senado, o quórum para retirar Dilma do cargo – o maior de votações do Congresso – é de dois terços, ou 66,66% dos votos. Nos discursos, houve um aval ao afastamento definitivo de Dilma de 68,25% dos senadores.
A sessão de pronunciamentos durou 12 horas e encerrou com 43 manifestações favoráveis de senadores ao impedimento, 18 contrárias e dois não declararam explicitamente seus respectivos votos. Ao todo, 18 senadores não participaram da fase de pronunciamentos.