Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Mãe e filho lutam na Justiça para viver “romance” proibido

Uma história “de amor” tem chamado a atenção dos acreanos nas redes sociais. Um casal americano está vivendo um romance proibido e luta com todas as forças para ficarem juntos, mesmo que isso possa render a eles 18 meses de prisão.
Isso porque Monica Mares, 36 anos, e Caleb Peterson, 18 anos, são mãe e filho, e o incesto é considerado crime em todos os 50 estados dos Estados Unidos da América.
Mãe de nove filhos, Monica teve Caleb quando tinha apenas 16 anos e deu a criança para adoção pouco tempo depois.
Os dois se reencontraram no final de 2015 após conseguirem contato no Facebook. Os dois rapidamente se apaixonaram e o relacionamento se tornou sexual algumas semanas depois.
Eles viveram como um casal na casa de Monica com os dois filhos mais novos dela durante alguns meses. No entanto, após denúncia anônimas, a polícia chegou ao casal que foi detido e pagou fiança de US$ 5 mil. Eles serão julgados em setembro.
Apesar de a Justiça se recusar a aceitar o casal, eles afirmam que sofrem da chamada atração sexual genética, e que devido a essa rara condição, deveriam ser legalmente aceitos.
Alguns familiares aceitam a relação, como é o caso do ex-marido de Monica, Dayton Chavez, que é pai de dois dos nove filhos que a mulher tem. “Eu os apoio. Gostaria que o governo parasse de se meter na vida deles e deixasse eles viverem suas vidas normalmente”, afirmou. (Com informações do jornal Extra)