Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Em coletiva, PSDB anuncia afastamento imediato de dirigente preso em flagrante pela PF

O Diretório Regional do PSDB/AC anunciou nesta quarta-feira, 24, o afastamento imediato do presidente do Diretório Municipal do PSDB de Cruzeiro do Sul, Edson de Paula, após sua prisão em flagrante pela Polícia Federal, por crime eleitoral. O secretário-geral do partido, Manoel Pedro, comunicou à Executiva Municipal do procedimento sumário.
No início da manhã a Coligação Cruzeiro em Boas Mãos, que tem na chapa majoritária os candidatos tucanos Henrique Afonso e Emerson Amorim, apresentou à imprensa o candidato a vereador Clebisson Freire, autor da denúncia que culminou com a prisão de Edson de Paula e do chefe de gabinete da Prefeitura de Cruzeiro do Sul, Mário Neto, por cooptação de candidato.
Clebisson contou à imprensa como foi abordado por pessoas ligadas à chapa Juntos por Cruzeiro I. “Há tempos estávamos assistindo candidatos nossos renunciando à candidatura e aparecendo fazendo campanha para a outra coligação e muitos boatos de que era por dinheiro. Eu já andava preparado para o caso de ser abordado por eles e não tive dúvida quando aconteceu: gravei toda a conversa”, informou.
Durante uma hora e trinta e quatro minutos, o prefeito Wagner Sales, Edson de Paula e o candidato Ilderlei Cordeiro conversaram com Clebisson orientando como proceder para deixar a candidatura.
“Eles me prometeram cinco mil e em outubro eu seria nomeado na Prefeitura”, disse o tucano.
A Polícia Federal flagrou Edson de Paula e Mário Neto no momento que entregaram os cinco mil reais ao candidato do PSDB. A detenção aconteceu na residência de Paula.
Com base nos relatos do candidato e flagrante da Federal, a Coligação representará junto ao Ministério Público Eleitoral contra a coligação Juntos Por Cruzeiro I, pedindo sua impugnação, assim como representará contra o prefeito Wagner Sales (PMDB).
“Eu espero que a partir de agora a população analise bem quem coloca no poder”, destacou Clebisson Freire.
Assessoria PSDB Acre