Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

MPAC vai investigar denúncia de mulher “retalhada” durante parto no hospital de Sena

Finalmente o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) em Sena Madureira abriu um procedimento para investigar a denúncia publicada pelo portal ContilNet em 5 de outubro do ano passado sobre os possíveis erros médicos praticados contra a paciente Gercineide Nogueira Sampaio e seu o filho. Mesmo a mãe tendo registrado boletim de ocorrência à época, somente agora o caso será investigado.
O caso iniciou no dia 30 de setembro de 2015, quando Gercineide Nogueira Sampaio, com 38 anos à época, deu à luz ao seu filho na maternidade do hospital João Câncio Fernandes, em Sena Madureira. Três dias após o parto, a mãe verificou a falta de movimento em um braço da criança. Um raio-X mostrou uma fratura no membro. Gersineide disse ainda que foi retalhada ao dar a luz ao seu filho.