Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Indígenas invadem sede da Funai no AC e protestam contra intervenção nacional de Temer

Cerca de 40 indígenas, de 11 povos diferentes, ocuparam a sede da Fundação Nacional dos Indígenas (Funai) no Acre, no início da manhã desta quarta-feira (13), para pressionar o presidente interino Michel Temer a nomear uma pessoa identificada com a causa para a presidência do órgão.
Na semana passada, o general reserva do Exército Sérgio Roberto Peternelli, indicado pelo PSC, foi descartado pelo presidente Temer para ocupar o órgão, após intensa mobilização dos movimentos indígenas. O militar pertence a um partido de maioria evangélica e é conhecido por fazer elogios à ditadura militar.
Os índios pedem que Temer coloque na presidência da Funai alguém que ligado às comunidades indígenas, já que o órgão é o responsável por gerir toda a política indigenista brasileira.
Funcionários também integram o movimento de ocupação da sede no Acre e protestam contra o governo.
A índia Francisca Arara relatou que a cogitação do nome do general foi absurda. “Quem sugeriu o nome dele para assumir o cargo não entende nada da cultura indígena e muito menos conhece de perto a necessidade dessa categoria”, criticou.