Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Três pessoas são executadas no Vila Acre; polícia investiga relação entre as mortes

Em menos de 24 horas três pessoas foram executadas em ramais do bairro Vila Acre, em Rio Branco. Nos três casos, as vítimas foram executadas dentro de casa e a polícia investiga se há relação entre os crimes.
Jailson Lima da Silva, de 25 anos, monitorado pela Justiça do Acre por tornozeleira eletrônica, morreu alvejado com cerca de 16 tiros na noite da última terça-feira (14), no Ramal Aquiry, região do Vila Acre. De acordo com a esposa, ele abriu a porta da cozinha ao ouvir barulhos vindos do lado de fora da casa e já foi surpreendido com os disparos.
Já na noite de quarta-feira (15), menos de 24 horas depois, mais duas pessoas foram executadas no mesmo bairro.
No Ramal do Pantanal, Wanderson Feitosa, de 28 anos, estava com a esposa em casa quando três homens armados invadiram a residência e o executaram com 12 disparos. Não demorou nem duas horas, e mais um casal foi alvo dos criminosos, no Ramal Bom Futuro, também no Vila Acre.
casalmorto
Maria morreu na hora enquanto o seu marido está em estado grave
Segundo o que foi coletado pela Polícia Militar, eles foram acionados para atender a uma ocorrência de tentativa de homicídio, mas, ao chegarem ao local, já encontraram Maria Alzira Socorro da Silva, de 19 anos, morta a tiros e o parceiro com quem vivia maritalmente, Vanilson Santos Rodrigues, de 18 anos, estendido ao chão com pelo menos oito tiros espalhados pelo corpo. O casal foi alvejado na frente dos filhos.
Todos os casos foram registrados na 2ª Regional de Polícia Civil, que agora trabalha para descobrir se há relação entre os casos e se os crimes foram praticados pelas mesmas pessoas. O que a Polícia Militar pode adiantar é que as três pessoas executadas já tinham passagens pelo crime de tráfico de drogas.