Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

PR, DEM e PRB podem fechar aliança para disputar a Prefeitura de Rio Branco, diz colunista Aliança PR/PRB

PR, DEM e PRB podem fazer a maior aliança para disputar a prefeitura de Rio Branco. As conversas já estão bem adiantadas, mas a definição acontecerá somente quando o deputado federal Alan Rick virar presidente do PRB.

Nomes fortes

Três nomes fortes flutuam na aliança PR, PRB e DEM para a disputar da prefeitura da capital: Raimundo Vaz, Tião Bocalom e Alan Rick.

Oito ou nove partidos

Caso se concretize, essa aliança puxada pela ex-deputada Antônia Lúcia teria a seguinte configuração: PR, PRB, DEM, PTC, PSC, PEN, SOLIDARIEDADE. Teriam mais duas siglas a caminho.

Quem avisa…

Em reunião recente entre dirigentes estaduais de partidos da Frente Popular foi dado um aviso pelo governador Tião Viana (PT): a coligação terá candidatura única em todos os municípios.

…amigo é

Outro aviso dado pelo governador Tião Viana (PT) diz respeito a atitudes como a do Roque, presidente do PHS, que é Frente Popular em Rio Branco e em Cruzeiro do Sul vai apoiar Ilderlei Cordeiro (PMDB).

Mais um

PMN, partido presidido no Acre pela advogada Valdete Souza, é a mais recente aquisição da aliança de partidos que deve eleger Daniel Nogueira (PP) prefeito de Porto Acre. Agora são 11 partidos.

Obras de Epitaciolândia

André Assem (PR) vai apresentar um volume de obras jamais visto em Epitaciolândia até a eleição. Por isso não adianta falar isso ou aquilo dele.

Belo encontro

Acabei de encontrar o delegado Messias Ribeiro e o Júlio Paiva, esse último pré-candidato a vereador pelo PP. Conversa boa.

Nome do Alisson

No PP, a rigor, um nome forte voltará à baila, o do ex-vereador Alisson Bestene. Nos bastidores, tudo acertado.

João sem braço

Para se limpar com a categoria de evangélicos o deputado Jonas Lima (PT) deu uma de João sem braço: não aceitou a liderança do partido na Assembleia Legislativa.

Segundo turno é bucha

Caso a oposição dispute a prefeitura de Rio Branco com várias candidaturas vai um lembrete: no segundo turno a Frente Popular tem costume de comprar os candidatos derrotados. Um deles se vendeu três vezes, fiado, não recebeu, mas ajudou a eleger Raimundo Angelim, depois Marcus Alexandre. Ele é sargento. Ou seja: segundo turno é para quem tem dinheiro e poder.

Vai sair pobre

“A política me quebrou como criador de gado. Entrei bem de vida, vou sair quase pobre”. Do prefeito de Manuel Urbano, Alem Araújo (PR).

Pedido de cabeça
Se tem um motivo pelo qual os secretários Gemyl Júnior, da Saúde, e Emylson Farias, da Segurança Pública, não seriam demitidos é o fato de a cabeça deles ter sido pedida, na Assembleia Legislativa, pelos deputados Jairo Carvalho (PSD) e Raimundinho da Saúde (PTN).

Alegria da campanha

Nas eleições deste ano em Rio Branco a alegria da campanha estará nas ruas. O PP vai promover, outra vez, a candidatura a vereador do Roberto Carlos do Palheiral. Na foto, de agora há pouco, Roberto me faz uma pose “romântica”, segundo ele mesmo.

Liga aí
Negocio terras no Acre. Quer saber mais sobre isso? Me ligue no 9922-2118 ou envie e-mail para evandrocordeiro.acre@gmail.com.