Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Polícia não descarta crime de latrocínio no caso de casal desaparecido em Rio Branco

Em coletiva, a Polícia Civil esclareceu na manhã desta terça-feira (7) que vem trabalhando com três possibilidades para o desaparecimento do casal Rairleny Ganum da Silva, 19, e Arnaldo Reis Praxedes, 63.

Na tarde desta segunda-feira (6), os familiares da jovem fizeram uma manifestação no bairro onde moram para pedir respostas às autoridades e mais agilidade nas investigações, considerando que já faz cinco dias de seu desaparecimento.
De acordo com as investigações, as possibilidades são de sequestro, homicídio ou latrocínio. Todas as hipóteses, no entanto, estão sendo analisadas de forma individual, baseando-se no relato de testemunhas, imagens e informações da família.
Entenda o caso
Rairleny Ganum e Arnaldo Reis Praxedes, funcionário aposentado da Assembleia Legislativa, desapareceram desde a última quinta-feira (2).
Segundo relatos, Arnaldo foi até a casa de Rairleny dizendo que ia conseguir um emprego para ela.
O veículo em que saíram juntos foi encontrado queimado na noite do mesmo dia, no Ramal do Pica Pau, dependências do bairro Amapá, em Rio Branco.
O casal tinha um filho de 1 ano e 5 meses e já não mantinham mais uma relação conjugal.