Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Justiça suspende terceira reeleição do presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre

O juiz Lois Carlos Arruda, da 3ª Vara Cível, suspendeu a provável reeleição de Adriano Marques para a presidência do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre que seria realizada por aclamação na sexta-feira, 10. Adriano seria reconduzido ao cargo pela terceira vez consecutiva, sem ter uma chapa concorrente.
A decisão do juiz foi provocada por ação impetrada pelo candidato da oposição, Lucas Bolzoni, que sentiu-se prejudicado desde a deflagração do processo eleitoral com a publicação do edital de convocação, em 29 de abril passado.
“O Adriano se aproveitou de um momento conturbado no sistema penitenciário para iniciar o processo eleitoral, não fez a comunicação pelo blog da Agepen, o principal meio de comunicação entre a categoria, usou um minúsculo classificado num jornal local e, quando tivemos conhecimento e conseguimos registrar uma chapa, ele a impugnou usando argumentos que não estão previstos no Estatuto”, argumenta Lucas.
De acordo com Lucas, a comissão eleitoral, de duas pessoas, é totalmente atrelada ao atual presidente e, portanto, não possui a isenção necessária para conduzir o processo. “Tanto é que a Justiça acatou o nosso pedido e suspendeu a sua terceira reeleição que seria consolidada hoje sem nenhuma outra chapa para concorrer”, afirma.
O impasse será resolvido na próxima segunda-feira em audiência, às 10 horas, na 3ª Vara Cível. Se não houver consenso entre os candidatos, a decisão será dada pelo juiz Lois Ca
Fonte ac24horas