Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Bebê que levou mordidas do padrasto pode ter pênis amputado

Um menino de um ano e quatro meses que foi estuprado, agredido e mordido pelo padrasto de 17 anos, em Manaus, pode ter o pênis amputado por causa das lesões. A informação foi dada pela Polícia Civil do Amazonas nesta terça-feira (14). O bebê está hospitalizado Pronto-Socorro da Criança João Lúcio desde domingo (12). As infrmações são do jornal Extra.
Segundo informações da Secretaria de Saúde do Amazonas, o estado de saúde da criança é estável. A pediatra que fez o primeiro atendimento ao bebê afirmou que ele estava tendo dificuldades para urinar. Um laudo pericial constatou que a vítima teve laceração peniana, lesões corporais, edemas corporais e fissura anal. Agora sob cuidado do Estado, o bebê vem recebendo visitas de familiares. Ele ainda não tem previsão de alta.
Na segunda-feira (13), o padrasto do bebê, um adolescente de 17 anos, confessou ser o autor das agressões. Ele alegou que estava drogado no momento do crime. A mãe, de 22 anos, nega envolvimento no caso, mas também foi detida. Ambos foram indiciados por tortura e estupro de vulnerável. A mãe também vai responder por omissão. O jovem foi está na Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Deaai). A mulher será encaminhada a uma prisão feminina.