Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Jovem é assassinado na Vila Redenção com quatro Tiros no portão de casa.


Jodair Nascimento de Almeida 27 anos foi assassinado com quatro tiros no portão de casa na Vila Redenção na cidade de Acrelândia, o crime aconteceu por volta das 18: 00 horas.
Segundo informações de populares Jodair tinha acabado de chegar de sua colônia quando estava entrando na residência do seu sogro onde mora com a esposa no portão de casa foi surpreendido por três jovens que já chegaram atirando não dando chance da vítima se defender.
Os tiros acertaram as costas da vítima e o ritmo o assassinato atirou na cabeça levando a vítima a morte instantânea.
A polícia foi acionada e cercou o local até achegada do IML de rio Branco que resgatou o corpo da vítima para os procedimentos legais.
No local do crime populares foram ver de perto o que estava acontecendo a família da vítima estavam revoltados e clamavam por justiça.

Segundo um tio de Jodair o assassino tinha ameaçado a vítima nas redes sociais por conta que Jodair foi quem libertou sua cunhada uma menor que estava sendo mantido em cárcere privado e foi torturada pelo ex-namorado conhecido por pimenta. Depois disso Jodair passou a ser perseguido. Segundo familiares o caso foi denunciado na delegacia e o ex-namorado da adolescente ficava rondando a Vila e não ia preso.

A polícia militar juntamente com a policia Civil comandada pelo Delegado marcos Cabral saíram em perseguição dos acusados dois foram presos pela polícia ainda na Vila Redenção Wesley e Marcelo todos da mesma família.

Segundo a polícia quem deu os tiros na vítima foi o irmão de Pimenta Wesley. Ele foi preso pelos os policias na hora em que o IML estava resgatando o corpo da vítima a 50 metros do crime. Familiares e amigos da vítima tentaram invadir a viatura da polícia na tentativa de se vingar e foram impedidos pela a polícia.

Pimenta acusado de manterem cárcere privado e torturar e estuprar a ex-namorada ainda se encontra foragido.








A Guerra só está começando.

O pai da vítima em um ato de desespero caído no chão chorando pela morte do filho, gritava dizendo que a guerra só estava começando e que iria fazer justiça. Ele chegou a pedir para um policial que atirasse nele para acabar com sua vida por não está aguentando ver aquela cena.

Familiares e amigos estavam revoltados com o crime, muitos dizem que Jodair fez o que a polícia deveria ter feito em proteger a própria cunhada de um criminoso e foi brutalmente assassinado.



A Vila redenção é uma pequena Vila com poucos moradores, tanto vitima como assassinos moravam na mesma rua em uma distância de 50 metros um do outro.