Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Gemil Júnior e Sebastião Viana entregam um dos mais modernos centros de neurocirurgia do Brasil

Em meio às críticas aos atendimentos e demora nos serviços da Saúde no Acre, nesta quarta-feira, 25, o governador Sebastião Viana, ao lado do secretário de Saúde, Gemil de Abreu Júnior, e do diretor-geral do Hospital de Urgência e Emergência, Fabrício Lemos, visitou as instalações do mais estruturado centro de neurocirurgia do país. O espaço foi implantado no Hospital das Clínicas, em Rio Branco.
Segundo informou a Agência de Notícias, foi investido R$ 1,4 milhão no espaço que, agora, conta com um neuronavegador, além de aspirador ultrassônico, novos sistemas de drill eletrônicos e estertotaxia e material de by-pass extraintracraniano. O neurocirurgião do Instituto de Neurocirurgia e Neurologia da Amazônia Ocidental (Inao), Iván Ortiz, apresentou a estrutura à equipe governamental.
Sebastião Viana elogiou a estrutura e reafirmou que os equipamentos são de alta tecnologia e vão ajudar consideravelmente nos serviços realizados no Acre. O governante afirmou também que a implantação dos serviços é uma “nova página da neurocirurgia na Amazônia”.
“Aqui, o Inao traz essa estrutura inovadora (…) governo faz um esforço gigante para manter uma estrutura que poucos estados do Brasil têm. Com o SUS somos o governo que mais faz gastos proporcionais com a saúde pública (…) Isso dá orgulho, porque o beneficiado é o cidadão humilde, a dignidade humana, a vida”, comentou o governador.
Para Gemil Júnior, que assumiu o setor há menos de três meses, a compra dos equipamentos demonstra um grande avanço que o Acre tem dado nos últimos anos, principalmente, como serviços especializados. Ele garantiu que os servidores estarão preparados para a utilização dos equipamentos. “Os melhores equipamentos que pode haver no Brasil hoje estão aqui, vindos de uma empresa na qual o presidente dos Estados Unidos trabalhou como estagiário. A população só tem a ganhar.”
PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA
Para o neurocirurgião Iván Ortiz, há de fato uma “preocupação do governador de que não haja diferenças nem quantitativas, nem qualitativas, no atendimento médico dos pacientes” quando comparados os serviços acreanos aos de outros estados do país. Ivan ressaltou que há no Acre uma parceria público-privada que proporciona um atendimento “rápido, efetivo e oportuno” à população.