Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Dezenas de famílias retiradas do Conjunto Rui Lino III fecham Terminal Urbano durante protesto

Dezenas de famílias retiradas de casas populares do Conjunto Rui Lino III por decisão judicial, na tarde de segunda-feira (23), decidiram protestar contra a falta de moradias e fecharam o Terminal Urbano, em Rio Branco, no início da noite.
Durante o protesto, as famílias levaram colchões, fogões e outros móveis para bloquear a entrada do terminal.
A maioria dos manifestantes moram no “Beco do H”, no Esperança, e afirmam que foram despejados por atraso no aluguel social para pelo Estado. Ao saberem que as casas do Rui Lino III estavam desocupadas após o escândalo de fraude em sorteio, os moradores decidiram invadir as casas, mas foram retirados pela polícia.
A dona de casa Maria do Socorro afirma que estão com os aluguéis sociais atrasados e reivindicam moradia, já que as casas do conjunto Rui Lino III estão vazias.
“As casas estão vazias e mesmo assim não nos dão moradia. Não temos para onde ir e reivindicamos casas para morar. Dezenas de famílias que estão aqui protestando precisam verdadeiramente das casas”, disse Socorro.
A Secretaria de Habitação do Acre (Sehab) nega que os pagamentos dos contratos de aluguel social estejam atrasados.