Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Rio Branco é a terceira capital brasileira que menos investe em saúde pública, revela pesquisa do CFM

A capital do Acre, Rio Branco, é a terceira capital brasileira que, proporcionalmente, menos investe em saúde pública, de acordo com dados divulgados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), em parceria com a ONG Contas Abertas.

A pesquisa leva em consideração dados coletados no ano de 2014. Rio Branco, com gasto per capita diário de R$ 0,88, aparece à frente apenas de Salvador (BA) e Macapá (AP), que tiveram um gasto por dia R$ 0,59 e R$ 0,66 per capita, respectivamente. O investimento per capita da capital acreana foi de R$ 322,91 no ano.
O valor gasto em Rio Branco fica bem abaixo da médica nacional, que R$ 3,16 por dia e R$ 95,97 por mês. A cidade de Campo Grande (MS) é a capital brasileira que mais investe em saúde pública, com gastos por pessoa de R$ 3,16 por dia e R$ 95,97 por mês.

A reportagem entrou em contato com secretário de Saúde de Rio Branco, que informou que a Secretaria de Saúde divulgará nota sobre a pesquisa ainda nesta terça-feira (1).

Região Norte


A situação da região Norte não é uma das melhores no quesito investimento em saúde pública. O estudo mostra que as capitais da região estão entre as 15 que menos investem em saúde. Belém foi o local de melhor posição na região, com o gasto per capita de R$ 1,84 por dia e R$ 55,94 por mês.