Geral

[Geral][bleft]

Política

[Política][bsummary]

Polícia

[Polícia][bleft]

Publicidade

Policial civil é suspeito de matar agricultor com um tiro no peito após discussão

Na madrugada deste domingo (6), no Ramal do Espinhara, no município do Bujari, o agricultor Raimundo de Oliveira, 31 anos, foi morto com um tiro no peito em um bar, após discussão com um policial civil, que não teve o nome revelado.

De acordo com informações da polícia, o policial civil estava no bar bebendo com amigos, quando Raimundo começou a se alterar, e de posse de uma faca, cortou o pano que cobre a sinuca, da qual estava jogando com um amigo.

O policial foi pedir que Raimundo largasse a faca e se acalmasse. De acordo com testemunhas, a vítima partiu para cima do policial o acertando no braço com uma facada. Os dois iniciaram uma discussão e o policial sacou o revólver e deu um único disparo, atingindo o peito da vítima.

Foi acionada a Unidade Móvel de Serviço Avançado, 01 do Samu, mas ao chegar ao local a vítima já estava morta. O policial foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento, Upa do Segundo Distrito, onde foi suturado e liberado em seguida.

O policial foi conduzido à Delegacia Central de Flagrantes, prestou esclarecimentos ao delegado plantonista, onde será tomada as devidas providências.

A Perícia Técnica esteve no local para colher evidências para elucidar o crime. O corpo foi recolhido e encaminhado ao IML para procedimentos de rotina.

A esposa da vítima, Cristiane Ferreira, de 31 anos, diz que seu esposo era um homem bom, não fazia confusão com ninguém, vivia para trabalhar. Ela diz que não entende porque isso aconteceu. A vítima deixa mulher e um filho adolescente de 14 anos.